Páginas

POLITIZE JÁ POLITIZE JÁ DE QUE ADIANTA RECLAMAR E FAZER NADA PRA MUDAR. POLITIZE JÁ POLITIZE JÁ

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

VEREADOR SILVIO BRANDÃO EXPLICA SOBRE O ADIAMENTO DA TRIBUNA LIVRE



Em reunião hoje com o vereador e presidente da Câmara Municipal de Ubatuba Silvinho Brandão, foi passado o ângulo dele referente ao adiamento do direito adquirido de uso da Tribuna Livre na primeira sessão ordinária da Câmara Municipal que aconteceu nesta terça dia 07.

Em sua afirmativa, Silvinho foi consultado por uma espécie de comissão de segurança que precavia situações para manter ordem pública no local, ainda que foi notório à todos que estiveram presentes, o sistema de segurança além de contar com a PM e Guarda Municipal também solicitou uma terceirizada para reforçar a estratégia acreditando que poderia haver vandalismo, oque não chegou nem perto de acontecer.

Ainda que eu não compreendendo isso como um justificativa, uma vez que poderia ter havido um direito a informação antes de encerrar a sessão com o dito ;

"Não havendo mais nada para tratar a sessão está encerrada"

Em síntese, reafirmou o respeito e estima por minha luta e pelo direito de expressão alegando que como preside a casa deve tomar decisões que nem sempre cabe ao seu ponto de vista isolado, alegando que ainda que insatisfeito fez por questão de ordem.

Eu afirmei que reintero muito do que foi dito nos vídeos após a sessão são coisas que não cabe à ele isoladamente, e sim generaliza os ultimo políticos e lideranças que temos na cidade que criaram vícios e práticas abusivas de desenvolvimento dos setores públicos de nossa cidade, e ainda que no calor do momento, à citação sobre o aumento é de meu direito e tinha mantido minha imparcialidade devido ao uso da tribuna e justamente para que o adiamento não acontecesse, oque de fato após o ocorrido tornei público e não me arrependo, pois meus interesses vão além de cargos remunerados, vereanças ou interesses isolados, mas sim a cidade que nasci, vivo e pretendo terminar minha vida honrando - a, UBATUBA. 

OBS : Estarei na próxima TRIBUNA em fim como porta voz da Juventude local

SEM MAIS

ELTON HERRERIAS JUNIOR
Conselheiro da Juventude de Uubatuba

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Prefeitura e Coalizão Comunitaria realizam primeira reunião para inciamento de Ações para o ano de 2017 em Ubatuba




Aconteceu neste ultimo dia 23 de janeiro a primeira reunião do Coalizão Comunitária Ubatuba com setores do novo escalão do atual governo municipal. A Reunião teve caráter de apresentação contou com a participação do vice prefeito Jurandir Velosso e seu assessor de projetos, a assessora de desenvolvimento social Luciana Machado Resende, o representante do COMUSD Israel, o secretário de educação Hélio José de Paula, o secretário de segurança pública Cinel Agnelo, a representante do CREAD – Centro de Reabilitação de Álcool e Drogas além dos diretores e membros do Coalizão Ubatuba, Nelson Medeiros, Patrícia Medeiros, Angela Mendonça, Elton Herrerias Junior, Noel, Cristina Bolzan e Alendri Marconi.
O Encontro ofereceu parceria para com o poder público municipal e suas autarquias, debateram a prevenção, diagnósticos, quadro lógicos e banco de dados adquirindo ao longo destes 3 anos de trabalho contínuo, envolvendo outras instituições, funcionarismo público e população.

Representantes do governo demonstraram grandes estimas de eventuais parcerias para que assim envolva os setores da sociedade na prevenção manutenção e combate ao uso de drogas.

Foi agendado para dia 9 de fevereiro a próxima reunião, estima - se a presença do prefeito Délcio Sato, para que assim possa ser firmado a parceria entre a Associação Pró - Coalizão do Brasil, para a fundação do Coalizão Ubatuba.

OBS : Na próxima reunião será divulgada a data oficial da Festiva de Posse de sua diretoria municipal que contará com um evento especial para agentes multiplicadores na prevenção ao uso de drogas.



Por : Comunicação Coalizão Ubatuba

INFORMA PREFEITURA DE UBATUBA



RCP EM MASSA - Curso gratuito de Ressuscitação Cardiopulmonar


No Brasil, morrem, por dia, cerca de 720 pessoas vítimas de ataques do coração. É uma morte a cada um minuto e meio, sendo a maioria por infarto agudo do miocárdio. Esta é a maior causa de morte na população adulta em nosso país.
Medidas simples, como aprender a reconhecer os sintomas, e principalmente, perceber a proximidade de uma parada cardíaca, pedir ajuda ao serviço de emergência e iniciar as compressões torácicas corretamente podem aumentar até quatro vezes as chances de sobrevivência.
O Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo realiza este treinamento desde 2010 e centenas de cidadãos já aprenderam a realizar as manobras de massagem de ressuscitação cardiopulmonar (RCP) e nesta oportunidade realizaremos o treinamento em Ubatuba.
No dia 27 de janeiro, no Calçadão, Av. Dona Maria Alves, Centro. O evento será das 10 até as 14 horas, divididas em sessões de 20 minutos de treinamento. Durante o evento o público poderá também conhecer as viaturas de bombeiros estacionadas e os equipamentos de salvamento, que ficarão em exposição.
Nossa meta é buscar através da parte educacional ensinar a um grande número de pessoas o que deve ser feito em uma situação de emergência enquanto o Resgate não chega, podendo assim em muitos casos estar salvando uma vida.
Gostaríamos de convidar você e sua família a participar deste treinamento de ressuscitação cardíaca! Afinal, “Você também pode salvar vidas!”

Guias do IPTU 2017 já podem ser emitidas pela internet

A Prefeitura de Ubatuba, por meio da Secretaria de Fazenda, informa que as guias para o pagamento do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) 2017 já estão disponíveis no site www.ubatuba.sp.gov.br.  O tributo pode ser quitado à vista ou em até 10 parcelas somente na Caixa Econômica Federal ou casas lotéricas. A cota única e a primeira parcela  vencem no dia 10 de fevereiro.
O atraso na entrega dos carnês deve-se a problemas no edital de chamamento para seleção do banco credenciado, lançado em dezembro. O banco vencedor originalmente não ofertou condições para pagamentos nos correspondentes bancários. Os pagamentos só seriam permitidos pela internet ou diretamente nos caixas eletrônicos. “Com isso estaríamos prejudicando quem não fosse cliente do respectivo banco. O ato foi cancelado e a atual administração realizou um novo chamamento, onde ofertamos outros canais para o contribuinte realizar seu pagamento”, explicou Solange Toledo, secretária municipal de Fazenda.
A Prefeitura distribuirá, via Correios,  58.800 carnês. A estimativa de arrecadação é de R$ 77.881.754,80. Para 2017 o reajuste foi de 8,79%, segundo variação do IGPM.

Secretário de Serviços de Infraestrutura Pública de Ubatuba esclarece questionamentos da população

Diante do alto índice de questionamentos da população de Ubatuba sobre as demandas da secretaria de Serviços de Infraestrutura Pública do município, o secretário da pasta, Pedro Tuzino, compareceu à emissora de rádio na última sexta-feira, 20,  a fim de esclarecer as dúvidas levantadas pelo canal do ouvinte –um quadro do jornal Beira Mar.
Tuzino ressaltou a importância da oportunidade. “Estamos aqui para responder. É uma obrigação do poder público informar a população sobre os problemas e soluções que temos para nossa cidade”, disse.
Aproveitando alguns apontamentos de ouvintes, Tuzino fez um panorama dos desafios enfrentados pela pasta. Inicialmente, um morador do bairro Pereque Açu questionou sobre a Jango Teixeira. Segundo o ouvinte, o asfalto foi retirado do local e nada mais foi feito até então.
Os locutores lembraram a época da passagem da tocha olímpica, período em que foi feito o recapeamento e asfaltamento de uma serie de ruas da cidade. Segundo eles, o asfalto não era muito bom então foi feita a retirada de um trecho, resultando em chão batido. O asfalto novo não foi colocado e, agora, com as chuvas já surgiram vários buracos.
“Foi retirada a capa asfáltica sob a promessa de recolocar numa sobra de contrato. Já revimos 12 contratos de pavimentação, dos quais apenas um está concluído. Os outros todos têm pendências técnicas de falta de previsão orçamentária ou cronológica. São todos convênios que estão incompletos, vamos ter um trabalho árduo para colocar a casa em ordem”, explicou o secretário.
Tuzino ainda complementou, dizendo que a situação não se restringe somente à rua Jango Teixeira. “Essa rua é importante porque é um caminho alternativo e nós estamos preocupados. Estou vendo se eu consigo a massa para, daqui mais um mês, possamos executar o serviço com mão de obra própria”, apontou.
O próprio secretário citou outras localidades, como as ruas Chico Santos -que estava no contrato do Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias (DADE) e cuja capa asfáltica foi subdimensionada. “Em conversa com o órgão, vamos ver o que é possível fazer. A verba do convênio já foi liberada e essa rua já consta no contrato. Temos que encerrar o convênio e não prejudicar os novos pleitos desta gestão”.
Mapeamento das questões
Tuzino frisou a grande responsabilidade que a secretaria tem hoje, que é o de resolver os problemas dos contratos que estão em aberto, pois senão não há base para fazer novos pedidos e corrigir alguns problemas de engenharia.
“Mesmo a questão do tapa buraco que teve início agora com equipes nas regiões sul e central, é um paliativo a frio. Colocamos isso para evitar os acidentes e não para consertar a rua. Somos técnicos, sabemos da péssima qualidade da reposição a frio. Não usaríamos essa opção se não fosse um caso de extrema necessidade”, esclareceu o secretário.
Balanço
Tuzino explicou que, nos primeiros cem dias de Governo, é feito um diagnóstico para a realização do emergencial/básico.
“É limpar a cidade com amor, com afinco com dedicação. A limpeza é o mínimo. É fazer o arroz e o feijão bem feito. É óbvio que projetos, contratos só serão iniciados ao longo de junho, julho e agosto. Não é a atual gestão que é morosa, é o procedimento da Lei das licitações.  Nossa missão em cem dias é preparar a cidade para uma nova gestão”, concluiu.

Prefeitura busca mais recursos para o patrimônio histórico

O prefeito de Ubatuba, Delcio Sato, e o presidente da Fundart, Pedro Paulo Teixeira, reuniram-se no dia 19 de janeiro com o Ministro da Cultura, Roberto Freire, em São Paulo, para pleitear mais recursos para a cultura do município. As demandas se centraram especialmente na preservação do patrimônio artístico e histórico de Ubatuba.
Dois ofícios foram protocolados junto ao ministro. O primeiro solicita a destinação de verbas para o restauro compl0124-reuniao-MinCeto do Sobradão do Porto. O segundo demanda o tombamento do edifício Paço Nóbrega, antiga Câmara Municipal, na avenida Iperoig, atual sede da secretaria municipal de Turismo.
“Nossos edifícios históricos são parte da história caiçara. Conservá-los é manter viva essa memória, fundamental para o reconhecimento e afirmação de nossa identidade”, destaca o prefeito Sato.  “Vamos reforçar o acompanhamento dessas demandas junto ao ministério da Cultura porque elas também permitem reforçar o turismo em Ubatuba para além da temporada de verão”.
Sobradão do Porto
Construído em 1846 pelo português Manoel Baltazar da Cunha Fortes, o edifício teve diversos proprietários até ser tombado em 1959 pela Secretaria do Patrimônio Histórico, Arqueológico e Arquitetônico Nacional – SPHAAN e, em 1975, pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arquitetônico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo (CONDPHAAT).
Após muitos anos de elaboração de projeto e negociação com o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), a primeira fase das obras de restauro do Sobradão do Porto teve início em dezembro de 2015 com a recuperação da cobertura, o que incluiu a hidratação, descupinização e substituição de parte do madeiramento da estrutura bem como a limpeza e substituição de peças de cerâmica do telhado. Também foi feita a limpeza e a pintura da fachada frontal, além da recuperação das madeiras das janelas do terceiro andar.
No momento, acontece a segunda fase do restauro, que tem como objeto os demais caixilhos externos – batentes, portas e janelas – da frente e das laterais do Sobradão, com previsão de término em maio deste ano. O aporte do Ministério da Cultura para executar as duas fases do restauro parcial foi de aproximadamente R$ 1,5 milhão, dos quais R$ 132 mil foram contrapartida da Prefeitura de Ubatuba.
Paço Nóbrega
O edifício é de meados do século XIX e foi o lugar onde nasceu o professor Thomaz Galhardo, autor da Cartilha elementar para a infância, livro de alfabetização utilizado em todo o Brasil na época. A construção teve diversos usos: foi sede da Câmara Municipal em 1864, do Fórum em 1872 e da Prefeitura de Ubatuba em 1904.
Em 1985, o prédio foi tombado pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arquitetônico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo (CONDPHAAT). A edificação necessita de uma intervenção de grande porte destinada ao restauro e à consolidação de elementos estruturais e artísticos. O tombamento em nível nacional permitirá realizar a busca de recursos para a execução desse trabalho.

Prefeitura reúne-se com organizadores da prova UB515

Representantes da Prefeitura de Ubatuba receberam, na tarde da última sexta-feira, 20, os organizadores do UB515 Ultra Triathlon – campeonato Sul-Americano de ultra distância para acertar os detalhes iniciais da competição 2017, que tem sua largada em Ubatuba.
A prova, inspirada no Ultraman- uma tradicional competição de triathlon realizada no Havaí, acontecerá no primeiro fim de semana de maio (entre os dias 5 e 7 de maio), sendo que no dia 4 já haverá um simpósio técnico.
O secretário de Esportes e Lazer, Marcelo Surcin- Marcelinho Carioca, o secretário adjunto de Esportes e Lazer, Richard dos Santos, o secretário de Turismo, Luiz Bischof discutiram com representantes da diretoria os trâmites necessários para a competição, como a parte burocrática e de apoio referente a setores como ambulância, PRF, Trânsito e Guarda Civil.
Tatiana Britto, diretora de corrida, aproveitou a deixa e falou da importância da estrutura de segurança e logística para garantir que todos os atletas cruzem a linha de chegada.
Bischof lembrou a importância de todos os detalhes prévios para a realização de um evento desse porte e salientou a necessidade da união da diretoria com os setores responsáveis da Prefeitura. “Temos que trabalhar junto porque precisamos fazer uma serie de pedidos, principalmente à Polícia Federal”, acrescentou.
O empresário Maurício Abraao também participou do encontro e vai oferecer o apoio ao evento, sediando os atletas em seu estabelecimento – já foi passada uma prévia da estrutura necessária e do número de pessoas que devem se alojar

Homenagem
De forma singela, todos os diretores de prova ofereceram placas de agradecimento pela receptividade e de reconhecimento da parceria aos secretários de Esportes e Lazer e ao secretário de Turismo.
“Nos sentimos honrados e lisonjeados pela forma como vocês conduziram pela primeira vez o evento e a gente fica feliz por vocês escolherem novamente a nossa cidade. A gente sabe que vocês têm toda uma infraestrutura por trás e podem escolher qualquer cidade para fazer essas provas, mas não há nada melhor que conciliar com a beleza de Ubatuba. Falo isso também em nome da Administração, com o Prefeito Sato. A gente vê isso no dia a dia, principalmente da importância às responsabilidades”, afirmou Marcelinho Carioca.
Histórico
Este é o 2° ano que Ubatuba faz parte do percurso da prova. Em 2016, seis meses antes da realização da prova, o idealizador Alexandre Luna e sua equipe ficaram encantados com a cidade.
De acordo com eles, um dos fatores que mais chamaram a atenção foi a receptividade.
“A gente viu a atitude da triatleta Ana Lucia Gil, que propôs que a prova fosse trazida para Ubatuba, refletindo nas pessoas com as quais tratamos, tanto iniciativa pública como privada”, comentou.
Luna explicou um pouco sobre o espírito da prova, enfatizando que existe um cunho de muito desafio pessoal, no qual o objetivo não é ganhar mas participar e superar seu próprio limite.
“A primeira edição com Ubatuba no percurso teve uma vibe muito positiva. Tem atleta que vem para ganhar. É claro que existe a vontade de ganhar mas o que prepondera é esse autodesafio. Além disso, existe um espírito coletivo muito grande e todos os atletas completam a prova”, comentou Luna.

Festa de São Sebastião do Bonete promete atrair público no fim de semana

A tradicional Festa de São Sebastião do Bonete de Ubatuba acontece neste sábado, 21 de janeiro, na praia Grande do Bonete, localizada na região sul de Ubatuba. Neste ano, a festividade, que está em sua 169º edição, inclui diferentes atrações musicais e culturais em sua programação.
Considerada uma das antigas do município, a festa, em que a comunidade celebra o dia de seu padroeiro, São Sebastião, é organizada pela Associação Catifó, que reúne os moradores caiçaras da comunidade. O evento também conta com o apoio da Prefeitura de Ubatuba por meio da Companhia Municipal de Turismo (Comtur), do Projeto Tamar e da RunnerSP.
Na programação constam atrações como a corrida de canoa caiçara – a primeira do ano e que reúne remadores da região em categorias masculino e feminina, além de diversas atrações musicais e culturais para o público.
O evento
Segundo Claudineia de Jesus, conhecida como Claudinha e atual presidente da Catifó, a festa é uma oportunidade de conhecer a cultura caiçara e se divertir em uma das mais belas praias da cidade.
“Temos muito prazer em celebrar o nosso padroeiro, mas também de manter viva e pulsante a cultura caiçara em nossa região, para que as novas gerações não percam a essência do nosso povo. Aproveito para convidar a todos para se divertirem conosco vindo participar da festa”, sugere Claudineia
O projeto Tamar realiza com uma soltura de tartaruga e a empresa Runner SP, organizadora da prova Desafio das 28 Praias, promove uma corrida na areia para crianças com idade até 12 anos.
Como chegar
A praia Grande do Bonete está situada na região da Lagoinha e o acesso se faz por trilha ou via mar, ambas opções saindo a partir da praia da Lagoinha. Por trilha, recomenda-se a contratação de um guia de turismo para o seu passeio ficar mais rico e divertido. Já o traslado via mar é feito pelos barqueiros do Bonete. A viagem leva em média 15 minutos e custa R$ 50,00 para até 6 pessoas em média por embarcação.
Confira a programação:
13h00 – Edinho Abdusom Eletroacustico
15h00 – Soltura de Tartaruga com o Projeto Tamar
16h00 – 3ª Corrida Kids na Areia
17h00 – 15ª Corrida de Canoa Caiçara do Bonete*

*Categorias
1 remo masculino
2 remos masculino
2 remos feminino
20h00 – Encerramento da Novena
21h00 –  Cantoria de Reis
21h00 – Grupo Concertada

Ubatuba estuda implantação da coleta seletiva no município

Visando o próximo contrato que contemple a implantação da coleta seletiva de lixo, a secretaria de Serviços de Infraestrutura Pública está desenvolvendo um estudo de viabilidade técnica com previsão para o final do ano.
Esta ação visa o aumento da vida útil dos aterros sanitários, economia de energia com o reaproveitamento dos subprodutos do lixo, melhoria na qualidade de vida da população, bem como, por meio de projetos de educação ambiental aumentar a conscientização preservacionista da comunidade.
“O estudo aponta para a licitação do sistema de geração integrada de resíduos sólidos que vem ao encontro dos planos municipal e nacional de resíduos sólidos, obedecendo às tendências mundiais no trato com o meio ambiente”, explicou o secretário de Serviços de Infraestrutura Pública, Pedro Tuzino.
Como funciona hoje
Hoje, o lixo é coletado bruto sem separação e transbordado até o aterro localizado na cidade de Jambeiro- que fica a 120 km de Ubatuba. O transporte é feito pela empresa terceirizada Resitec e a média de viagens por dia é de oito caminhões (quatro caminhões no período fora da temporada), que suportam até 30 toneladas.
Função social
“Além de sua importância no que tange a preservação das reservais naturais do planeta, a coleta seletiva traz consigo uma serie de instrumentos de inclusão social através do aproveitamento de mão de obra de forma cooperativa”, salientou Tuzino.

GBMar busca parceria com Prefeitura para melhorias estruturais

Uma reunião entre o comando do Grupamento de Bombeiros Marítimo (GBmar) Ubatuba e representantes do Governo Municipal realizada na tarde da última quinta-feira, 19, discutiu a possibilidade de uma parceria entre ambos os órgãos para estudar melhorias nos espaços físicos do grupamento de salva vidas do município.
Atualmente, o GBMar conta com cinco pontos de operações: a base no Perquê Açu, duas torres de madeira (Itamambuca e Toninhas) e postos nas praias Tenório, Praia Grande e Maranduba. O objetivo da parceria é a realização de diversas melhorias estruturais nos espaços físicos para proporcionar condições de trabalho melhores e mais seguras para a corporação.
Serão feitos levantamentos de materiais e de ações necessárias para que a secretaria de Serviços de Infraestrutura Pública faça um estudo de viabilização das reformas, adequações e alterações.
“A proposta é de uma melhoria efetiva rápida. Posteriormente, podemos estudar algo mais demorado e que tenha um custo maior, mas a prioridade é agilizar o que é viável no momento”, assinalou o secretário de Serviços de Infraestrutura Pública, Pedro Tuzino.
Complementando a fala do secretário, o Chefe de Governo, Jailton dos Santos, reforçou o apoio à corporação. “Vamos realizar um mapeamento das necessidades em função das demandas e quantifica-las”, garantiu.
O Tenente Danilo Pisaneschi destacou que o trabalho do Grupamento é realizado com muito amor e que está muito feliz com o reconhecimento e a consideração da Prefeitura, principalmente com a realização do encontro.
“Nosso trabalho é extremamente árduo. A estatística é de 260 salvamentos em três meses. Saímos daqui hoje felizes e gratos pelo reconhecimento”, salientou Pisaneschi.

Regional Sul executa serviços de infraestrutura urbana na região

A equipe responsável pela Regional Sul, que desenvolve os trabalhos supervisionados pela secretaria municipal de Serviços de Infraestrutura Pública em Ubatuba, realiza desde o dia 1º, diversas melhorias no local.
Após a limpeza da praia da Maranduba, os trabalhadores estão se dedicando na limpeza de valas, ruas e ciclovias, além do emprego de máquinas e aplicação de material para melhorar o trânsito de veículos.
Cerca de 10 trabalhadores participam da operação com a coordenação do administrador da Regional Sul, Josué Lourenço dos Santos (D’Menor).
Alguns trechos, como a região da Estrada da Fortaleza e a entrada da rua Geraldo Berti na Maranduba, já receberam a operação tapa buraco. Essa operação continua no Sertão da Quina (que vai sentido à rua da Cachoeira).
“Muitos serviços dependem das condições climáticas. A equipe pretende iniciar os trabalhos na estrada da Caçandoca. De qualquer forma, a operação tapa buraco continuará”, disse D’menor
Também nesta semana acontece um mutirão na escola municipal e no posto de saúde do bairro Araribá. A realização é uma parceria entre a Regional Sul e a equipe de manutenção da secretaria de Educação, pois vários funcionários da pasta devem colaborar com a iniciativa.
Ações previstas
Na programação, diversos serviços já estão elencados com o objetivo de deixar a região sul da cidade em melhores condições.
“Devido aos trabalhos que serão executados e demandam mais tempo, como desentupimento de tubos e valetas, semana que vem estaremos nos bairros Folha Seca e Lagoinha”, explicou o administrador da Regional Sul.

Prefeitura em parceria com o Estado irá reformar e construir unidades de saúde

Representantes da Prefeitura de Ubatuba e da secretaria estadual da Saúde reuniram-se na quarta-feira, 18, para deliberar sobre o uso de recursos disponibilizados pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) à construção e reforma de unidades de saúde no município como parte do programa “Saúde em Ação”.
“O projeto vinha sendo desenvolvido há dois anos e as verbas estavam paradas na conta do Estado, com risco de serem perdidas”, explica o dr. Alessandro Cacciatore, secretário municipal de Saúde. “Esse recurso permitirá viabilizar imediatamente reformas de pelo menos seis unidades de saúde em Ubatuba, entre elas o posto do Ipiranguinha”.
No total, são cerca de 15 milhões de reais disponíveis para a cidade. Cerca de 12 milhões serão destinados à execução direta por parte do governo do Estado da construção de um Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) e de um Centro de Referência de Álcool e Drogas (CREAD).
“Ambas as unidades serão entregues completamente prontas, com mobiliário, equipamentos e sinalização visual”, informa Cacciatore. “Outros 3 milhões serão liberados imediatamente para o município para desencadear os processos de licitação para execução das reformas nos postos”, acrescenta.
“O que vamos fazer aqui vai ficar na história de Ubatuba”, comentou o dr. Ricardo Tardelli, coordenador do Projeto BID na secretaria estadual de Saúde.
Para o prefeito Delcio Sato (PSD), o investimento proporcionará ao município um salto de qualidade na saúde pública. “Esta parceria com o governo do Estado nos permitirá avançar e assim dar início ao nosso programa de recuperação da saúde pública municipal”, afirma Sato.
As obras estão previstas para entrega em julho do ano que vem. O prefeito Sato tem cobrado constantemente  do Estado tais liberações com visitas constantes ao Palácio do Governo e, agora, isso será uma realidade.

Confira orientações complementares sobre vacina contra febre amarela

A Vigilância em Saúde da Prefeitura de Ubatuba reforça que moradores ou turistas que vêm à cidade só devem tomar a vacina contra a febre amarela caso pretendam viajar para uma área endêmica da doença. Isso inclui o estado de Minas Gerais, que vem apresentando muitos casos suspeitos, bem como os estados das regiões Norte e Centro-Oeste do país, e algumas cidades do oeste de Piauí, Bahia, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.
Para que a imunização seja eficaz, a vacina deve ser tomada 10 dias antes da viagem. Todos os postos de Ubatuba oferecem a vacina (conferir quadro abaixo), porém sob agendamento, em dias específicos da semana já que, uma vez aberto o frasco da vacina, todas as doses devem ser aplicadas em até 6 horas.
A Vigilância informa ainda que a idade mínima para tomar a vacina é 9 meses. O reforço deve ser feito depois de 10 anos da primeira dose. A vacina é contraindicada em algumas situações que devem ser avaliadas pelo posto de saúde, como, por exemplo, no caso de mulheres grávidas, idosos, pacientes com imunodepressão e alérgicos a ovos.
Apenas duas doses tomadas na infância ou na fase adulta são necessárias para estar protegido contra a doença por toda a vida. Caso o cartão de vacinação tenha sido perdido, a pessoa deve procurar o serviço de saúde que costuma frequentar e tentar resgatar seu histórico.
Ações complementares em Ubatuba
De acordo com a Vigilância Epidemiológica de Ubatuba, o município não possui nenhum caso confirmado da doença, apenas duas suspeitas de pacientes que estiveram na cidade de Ladainha (MG) visitando suas famílias e apresentaram sintomas após o retorno. Em ambos os casos, aguarda-se o resultado de exame sorológico.
Como forma de ampliar a conscientização sobre a febre amarela, sua transmissão e prevenção, agentes de controle de endemias realizam abordagens no Terminal São José, no Centro, nos dias e horários em que há embarques para Minas Gerais, ou seja, às segundas, quartas e sextas-feiras, das 11 às 12 horas.
A Vigilância também organiza ações nos pontos de entrada da cidade, com foco principal em quem vem de Minas Gerais mas que não chega a desembarcar no terminal rodoviário central, bem como a sensibilização de taxistas e funcionários da bilheteria do terminal para que ajudem a divulgar as orientações sobre a vacinação e sintomas da doença.
É importante que a população colabore com a prevenção eliminando os criadouros do mosquito Aedes aegypti, um dos transmissores da febre amarela e também da dengue, zika e chikungunya. Outras medidas preventivas são o uso de repelente de insetos, mosquiteiros e roupas que cubram todo o corpo.
Locais e dias de vacinação contra febre amarela em Ubatuba
Unidade de saúdeDia de vacinaçãoHorário da vacinação
Araribá5ª feira8:30 as 13:30
Sertão da Quina5ª feira8:00 as 16:00
Maranduba6ª feira9:00 as 16:00
Lagoinha3ª feira9:00 as 15:00
Praia Dura4ª feira8:00 as 15:00
Rio Escuro3ª feira8:00 as 14:00
Saco da Ribeira4ª feira8:00 as 15:00
Perequê Mirim6ª feira7:00 as 16:00
Itaguá2ª feira8:00 as 15:00
Estufa I3ª feira8:00 as 14:00
Estufa II6ª feira8:00 as 11:00/13:00 as 16:00
Estufa II – A6ª feira8:30 as 12:00/13:00 as 15:30
Sesmaria5ª feira8:30 as 15:30
Sumaré6ª feira9:00 as 11:00
Umuarama5ª feira8:00 as 12:00/13:00 as 16:00
Marafunda3ª feira8:00 as 11:00/13:00 as 16:00
Ipiranguinha4ª feira8:00 as 14:00
Jardim Carolina5ª feira8:30 as 15:30
Perequê Açu2ª feira8:00 as 15:00
Taquaral6ª feira8:00 as 16:00
Itamambuca5ª feira8:00 as 15:00
Puruba5ª feira8:00 as 15:00
Picinguaba3ª feira8:00 as 11:30
Camburi4ª feira8:00 as 11:30
Sertão do Ubatumirim2ª feira8:00 as 11:30
Corcovado4ª feira9:00 as 13:00
Almada5ª feira8:00 as 11:30

Fonte: Vigilância em Saúde de Ubatuba

Fundart lança selo comemorativo dos 30 anos

A Fundação de Arte e Cultura de Ubatuba (Fundart) celebra em 2017, os 30 anos de sua criação, e em comemoração lança selo que ilustrará as ações da instituição este ano.
Criada em 25 de novembro de 1987, a Fundart é pioneira no Litoral Norte e tem por finalidade planejar e executar a política cultural do município de Ubatuba por meio da execução de programas, projetos e atividades que visem o desenvolvimento cultural.
Sob sua responsabilidade estão a administração e manutenção do Sobradão do Porto, das Ruínas da Lagoinha, do Museu Histórico “Washington de Oliveira”, da Biblioteca Municipal “Ateneu Ubatubense”, do Memorial “Ciccillo Matarazzo” e do Antigo Fórum – atual sede da Fundação, além da realização de vários eventos durante o ano como o Carnaval Histórico, a Festa de São Pedro Pescador, a Caiçarada, o Salão de Belas Artes, entre outros.
“Quando criamos a Fundart, há 30 anos, foi objetivando o desenvolvimento de ações voltadas para o reconhecimento e valorização da nossa identidade cultural, além de incentivar manifestações ligadas ao universo cultural que, através do tempo, foram se incorporando ao nosso cenário. Esse é o papel que vimos interpretando durante nossa trajetória, carregando dificuldades de toda sorte, ditadas pela nossa realidade histórica”, disse Pedro Paulo, criador e atual presidente da Fundart.
Acompanhe as atividades da Fundação pelo site http://fundart.com.br/ e pela fanpage https://www.facebook.com/FundartUbatuba.

Prefeitura e usuários debatem critérios para comercialização no Mercado de Peixes

Cerca de 80 pessoas, entre comerciantes de peixe, pescadores artesanais e representantes das diferentes secretarias municipais de Ubatuba, participaram na quarta-feira, 18, de reunião para discutir os critérios de comercialização no Mercado Municipal de Peixes.
A reunião foi conduzida por dr. Antero Mendes, assessor Jurídico Legislativo, Andre Gregorio, secretário-adjunto de Assuntos Jurídicos, Cláudio dos Santos, secretário de Agricultura, Pesca e Abastecimento, Jailton dos Santos, Chefe de Governo, Luciana Machado, assessora de Desenvolvimento Social, e Sizenando Cristo, superintendente de Gestão Administrativa. O vereador Rochinha também compôs a mesa.
O Decreto Municipal 5013/09 regulamenta o uso do mercado e determina que o espaço deve ser utilizado pelos pequenos pescadores, que ocupam um total de 37 boxes de um dos lados do mercado, destinados à venda da produção de embarcações do município que tenham até um determinado volume.
No mesmo espaço do mercado, os pescadores convivem também com um total de sete comerciantes que, pelo histórico de criação do mercado, têm autorização para revender produtos vindos não apenas do município, como de todas as partes do Brasil e do mundo.
Para melhorar o funcionamento do mercado, foi acordado que será montada uma comissão com representantes dos comerciantes e dos pescadores, bem como do poder público, que irá analisar o decreto e elaborar propostas a partir da realidade atual do mercado.
Fiscalização e boas práticas de manipulação
A Secretaria de Agricultura, Pesca e Abastecimento (SMAPA) adotou medidas como o reforço da fiscalização diária do abastecimento do mercado para garantir o uso do espaço pelo pequeno  pescador e aumentando o rigor na fiscalização diária da  qualidade do pescado exposto à venda.Mercado de Peixe__14
“Ao longo desse ano, pretendemos implantar o Programa de Boas Práticas de Manipulação de Pescado e iniciar o processo de melhorias da infraestrutura do mercado. Durante os próximos anos, iremos ultrapassar os limites do mercado e atuar em toda a cadeia de produção do município”, destaca Cláudio dos Santos, secretário da pasta.
“A proposta é a de construir o “Pescado de Ubatuba” como uma marca forte, que traga o significado de respeito ao povo e às tradições caiçaras, qualidade e segurança alimentar”, complementa.

Ubatuba sedia 1° Encontro de Fuscas

Turistas e moradores de Ubatuba já têm uma opção para o fim de semana: no domingo, 22 de janeiro, a cidade sedia o 1° Encontro de Fuscas. O evento acontece a partir das 10 horas na Praça de Eventos, que fica na avenida Iperoig.
A 1ª edição do evento, que faz parte do Calendário Turístico do Município organizado pela secretaria municipal de Turismo, arrecadará leite em pó e produtos de higiene que serão destinados às famílias carentes que participam do projeto Namaskar. Os colaboradores poderão escolher um dos fuscas cadastrados para tirar uma foto em seu interior.
Para se inscrever, basta enviar um e-mail para o endereço comercial@ubatubasim.com.br contendo: nome completo, CPF, dados do veículo e cidade de origem.
O evento é idealizado pelo Empório Ubatuba, cooperativa de produtores locais de Ubatuba,     promovido pela Revista Ubatuba Sim. Segundo à organização, a intenção é reunir as famílias na praça de eventos. Como não haverá comercialização de produtos, a sugestão é que os participantes possam levar alimentos e bebidas para consumo próprio, assim como cadeiras e guarda sol.

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Secretaria de Saúde reúne-se com equipe do SAMU

O secretário municipal de Saúde de Ubatuba, dr. Alessandro Cacciatore, acompanhado de sua adjunta, dra. Aparecida Enomoto, estiveram presentes na manhã da terça-feira, 17, na base do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), localizada ao lado da Policia Rodoviária, na rodovia Rio-Santos.
“Fomos bem recebidos pela equipe que estava de plantão – dr. Fabio, enfermeiros, técnicos e motoristas e pudemos dialogar diretamente sobre as necessidades”, relata Cacciatore. “Foi a primeira vez que eles receberam a visita do gestor da saúde”.
A equipe do SAMU apresentou suas dúvidas sobre as contratações e a continuidade do serviço, bem como propostas de treinamento a implementar para médicos, técnicos e enfermeiros de urgência e emergência para otimizar o atendimento feito pelos profissionais.
Cacciatore constatou que os profissionais estão em condições de alojamento precárias. “O prédio da base, emprestado pela Polícia Rodoviária Federal, é bom, mas equipamentos como camas e sofás estão muito desgastados”, relata. Essa foi uma oportunidade de expressar nosso apoio a esse time corajoso, que trabalha muito”.
Entre os compromissos assumidos pelo secretário está o de estreitar o diálogo e colaboração com a Polícia Federal para reforma, ampliação ou construção de uma nova base no mesmo local.

Ubatuba é contemplada com mais uma ambulância para o SAMU

Em reunião realizada na terça-feira, 10, no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo, a secretária adjunta de Saúde de Ubatuba, dra. Aparecida Enomoto, recebeu a confirmação de que Ubatuba é um dos municípios contemplados com uma nova ambulância para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – o SAMU 192.
A iniciativa faz parte de ação do Ministério da Saúde com o objetivo de renovar a frota do SAMU para agilizar e modernizar o resgate pré-hospitalar nos municípios. São 340 ambulâncias doadas a municípios de 19 estados brasileiros. Desse total, 204 são completamente novas e 136 são semi-novas, cedidas para operação durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016, no Rio de Janeiro.
A nova ambulância é do tipo Suporte Básico de Vida (SBV) e é utilizada no atendimento inicial das vítimas. O veículo é equipado com tala de imobilização, colar cervical, prancha longa, bandagens, ataduras, gazes, entre outros. Com isso, o município passará a contar com um total de seis ambulâncias – cinco de suporte básico e uma de Suporte Avançado de Vida (SAV).
Saiba mais sobre o Samu
O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência funciona 24h por dia e tem como objetivo socorrer rapidamente pacientes com necessidade de serem levados a unidades que prestam serviços de urgência ou emergência, como hospitais e Unidades de Pronto Atendimento (UPA), para atendimentos clínicos, cirúrgicos, obstétricos, entre outros, evitando sofrimento, sequelas ou mesmo a morte.
O acionamento do Samu se dá pela ligação gratuita à Central de Regulação de Ocorrências (número 192) que, no Litoral Norte, fica em São Sebastião. A central faz uma escuta qualificada do caso e repassa ao médico regulador, que é quem orienta a pessoa que acionou o 192 sobre o que tem de ser feito.
A partir da avaliação da central é determinado o tipo de ambulância e equipe que será enviado para o atendimento, se básico ou avançado, que pode ser prestado tanto em residências quanto em locais de trabalho e vias públicas.

Comtur visualiza expansão de suas atividades

Com a posse da nova diretoria à frente dos trabalhos da Companhia Municipal de Turismo (Comtur) de Ubatuba, novas estratégias e projetos foram definidos para melhorar a estrutura da cidade tanto para os turistas como para os moradores.
De acordo com o presidente da Comtur, Andrade Henrique, as primeiras semanas foram bem movimentadas, pois além de atender às demandas do verão, foi necessário um ajuste na parte administrativa, com a regularização de funcionários, contratações e revisão na contabilidade, além da organização da infraestrutura.
O desafio, agora, é estabelecer meios de viabilizar várias estratégias pensadas pela equipe. Medidas que já são tradicionais, como a zona azul no estacionamento nas praias, serão mantidas. Segundo o presidente, também é feita uma vistoria diária nas praias e já existe um levantamento para melhora na infraestrutura nos pontos de cobrança.
Andrade ainda destacou que, conforme prevê a legislação 3716/2013, 50% da renda líquida obtida na arrecadação das praias é destinada ao atendimento de urgência e emergência à Saúde.
Ônibus e vans
A cobrança e fiscalização para ônibus e vans que vêm de fora também será mantida.
Para a entrada de vans e ônibus em caráter de excursão, é necessário realizar contato com a Comtur para efetuar a regularização da permanência na cidade. Basta enviar um e-mail para o endereço eletrônico contato@comturubatuba.com.br solicitando as informações necessárias.
Iniciativas
A Comtur pretende ampliar suas atividades. Uma das ações previstas é a conscientização dos usuários sobre a importância do estacionamento rotativo. A medida favorece o comércio, que precisa de disponibilidade de vagas para viabilizar o movimento dos clientes. Como o fluxo de veículos é muito alto, quanto maior a rotatividade, mais pessoas poderão ser atendidas.
Vale destacar que a zona azul é uma atividade legal e, de certa forma, proporciona mais segurança ao motorista, pois previne a cobrança irregular por pessoas que fazem abordagem intimidativa, gerando desconforto.
Outra iniciativa é a implantação de dois postos de informações turísticas na região central da cidade: um no calçadão e outro na região do aeroporto – que já está funcionado e acontece em parceria com a Ubatuba Convention & Visitors Bureau (UC&VB).
Também já está em andamento uma parceria com a Secretaria de Serviços de Infraestrutura Pública para a instalação de caçambas de lixo nos locais de arrecadação da Comtur nas praias do Félix e Itamambuca.
Estudos
Dos temas estudados pela equipe para implantação durante a nova gestão, constam a contribuição mais efetiva na cidade, como a implantação de luminárias e lixeiras e a melhor utilização do terminal turístico do Perequê Açu, pois a revitalização deste bairro é uma das prioridades do Governo.